Já é conhecido o vencedor do Prémio Literário João da Silva Correia
/ Categorias: Notícias

Já é conhecido o vencedor do Prémio Literário João da Silva Correia

Concurso de Poesia promovido pelo Município de S. João da Madeira

Já é conhecido o vencedor do Prémio Literário João da Silva Correia

Júri distingue obra da autoria de José Pedro Alves Moreira, advogado residente em Olhão.

“O grilo no supermercado” é a obra vencedora da edição de 2021 do Prémio Literário João da Silva Correia, promovido pela Câmara Municipal de S. João da Madeira e dedicado à poesia. O autor é José Pedro Alves Moreira, advogado residente em Olhão. É ainda atribuída uma menção honrosa ao original “Criação de estrelas mortas”, de Ana Maria Carvalho Pinheiro Vieira.

A decisão foi tomada por unanimidade pelo júri do concurso, constituído pelo diplomata e escritor Luís Castro Mendes – Ministro da Cultura entre abril de 2016 a outubro de 2018 –, o poeta José Fanha, que é um dos comissários do Festival Poesia à Mesa, e António Baptista Lopes, da editora Âncora, com quem o Município de S. João da Madeira mantém uma parceria na edição dos livros do Prémio João da Silva Correia.

Depois de analisadas todas as propostas a concurso – provenientes de várias localidades de Portugal, mas também do Brasil, Suécia e Suíça –, o júri decidiu premiar “O grilo no supermercado”, considerando que a obra se distinguiu “pela segurança e pela desenvoltura” da escrita, revelando o “prazer do ofício da palavra e da vivência irónica da realidade quotidiana, habitando um espaço luminoso e consistente, afastado das formas de sacralização que conduzem frequentemente ao nevoeiro do discorrer poético”.

“O grilo no supermercado” é da autoria de José Pedro Alves Moreira, nascido em 1982, é natural de Gondomar, mas atualmente reside em Olhão. É licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade do Porto, exercendo a profissão de advogado desde 2008. Em 2016, foi o vencedor do Prémio de Poesia Joaquim Pessoa com “A memória e a matéria”.

Incentivar o aparecimento de novos valores

O Prémio João da Silva Correia consubstancia-se na garantia da publicação da obra selecionada, mediante a comparticipação financeira, pela Câmara Municipal, nos custos da respetiva edição, até ao limite de 3.000 euros. A cerimónia de consagração dos premiados ocorrerá com o lançamento do respetivo livro, em sessão pública, com data a divulgar oportunamente.

Constituindo uma homenagem a João da Silva Correia (1896-1973), jornalista e escritor sanjoanense, autor do romance “Unhas Negras”, este concurso literário realizado pela autarquia de S. João da Madeira – e operacionalizado pela Biblioteca Municipal Dr. Renato Araújo – visa promover a leitura e a escrita criativa, assim como incentivar o aparecimento de novos valores na literatura de língua portuguesa.

Nesta edição foram recebidos 72 originais de poesia, um número que dá continuidade ao aumento de participantes que se tem registado nos últimos anos e que é indissociável da maior abrangência geográfica e consequente divulgação que o concurso passou a ter desde 2019.

Imprimir
66 Classifica este artigo:
Sem classificação
Please login or register to post comments.